Life Itself – A Vida de Roger Ebert

por

03 de outubro de 2014

Roger Ebert (1942-2013) foi um dos críticos de cinema mais conhecidos e respeitados dos Estados Unidos. Tendo iniciado sua carreira no Chicago Sun-Times em 1967, foi um dos responsáveis pela popularização da análise cinematográfica ao lado de nomes como Pauline Kael (1919-2001) e Gene Siskel (1946-1999), com quem apresentou o programa de TV de “Siskel & Ebert & the Movies”. Em 2011, Ebert lançou sua autobiografia, “Life Itself – A Memoir”, que serve de base ao documentário do diretor Steve James.

download (20)

Apesar da amizade que nutria por Ebert, James apresenta uma obra isenta e que não hesita em revelar todas as facetas de homenageado. Embora seja nítida a admiração do diretor, o crítico é retratado em seus aspectos positivos e negativos em depoimentos repletos de carinho, mas que não fazem vistas grossas para as falhas e fraquezas de Roger.

Seguindo a estrutura convencional dos documentários biográficos, a obra faz uma análise linear da carreira de Ebert, entrecortada por tomadas que revelam seu doloroso estado de saúde à época da realização do projeto. Desfigurado pelo câncer de tireoide que lhe extraiu a mandíbula, Ebert corajosamente se expõe às lentes de James, mostrando ao público a dura rotina de procedimentos médicos que se tornaram parte da fase final de sua vida. Em contrapartida, o resgate da história do protagonista é feito em tom de romance. Recheado por fotos, registros em vídeo e depoimentos divertidos de seus amigos e colegas de profissão, o documentário assume o ar lúdico e escapista próprio dos filmes a que Ebert dedicou toda a sua carreira. Narrados a partir de trechos da autobiografia de Roger, essas passagens trazem leveza e permitem que o público esqueça por alguns instantes a degeneração gradativa de sua saúde.

roger-ebert

Ao voltar suas luzes para Roger Ebert, “Life Itself” (no original) acaba prestando uma homenagem, também, a Gene Siskel, com quem Ebert travou uma intensa batalha de egos ao longo de 13 anos à frente de um programa de TV em que analisavam os filmes em cartaz e, invariavelmente, expunham pontos de vista diametralmente opostos. Siskel em momento algum é visto ou retratado como alguém que estivesse à sombra de Ebert. Ao contrário, a obra deixa claro que a rivalidade vinha justamente do fato de ambos serem igualmente brilhantes, não sendo de se estranhar que, na verdade, por trás disso havia um grande sentimento fraternal.

lifeitselflifeitself

Tido por todos como um ótimo contador de histórias, Ebert, que dizia ter nascido em um filme chamado “minha vida”, mostra nesse documentário que era um personagem riquíssimo; tão interessante quanto tantos outros que somente o mundo do cinema seria capaz de produzir. Um personagem inteligente, vaidoso, divertido, perseverante e, acima de tudo, forte. Um personagem grandioso em um filme que está à sua altura.

Festival do Rio 2014 – Filme Doc

Life Itself – A Vida de Roger Ebert (Life Itself)

Estados Unidos, 2014, 118 minutos.

Direção: Steve James

Com: Roger Ebert, Chaz Ebert, Raven Ebert, Ava DuVernay, Ramin Bahrani.

Avaliação Celso Rodrigues Ferreira Junior

Nota 5