Festival de Veneza 2015 – Vencedores

América Latina Laureada através de Brasil, Venezuela e Argentina. Netflix também ganha reconhecimento.

por

14 de setembro de 2015

Screenshot_2015-09-14-11-06-15-1

Segundo Longa metragem do brasileiro Gabriel Mascaro “Boi Néon” leva grande prêmio do Júri na Mostra Orizzonti, equivalente em Veneza à Mostra Quinzena dos Realizadores em Cannes. Além de a Venezuela levar o Leão de Ouro da Mostra Principal com “Desde Allá” e a Argentina melhor direção para Pablo Trapero com “O Clã”, que rapidamente está se tornando na Argentina um sucesso de bilheteria  crítica ainda maior do que o hit incontestável do ano passado “Relatos Selvagens”. Vale mencionar o prêmio de melhor ator revelação para Abraham Atah com “Beasts of No Nation”, fato vanguardista por ser este filme uma produção para internet do Netflix, dos mesmos criadores da série “True Detective”.

Screenshot_2015-09-14-11-06-36-1

Na semana anterior as atrizes do elenco de outro filme brasileiro “Mate-me, por favor” também levaram o prêmio de melhor atriz dado pela crítica italiana, e dividido entre elas.

Confira a lista completa dos ganhadores no72º Festival de Veneza.

Screenshot_2015-09-14-11-06-01-1

LEÃO DE OURO

Desde Allá

  1. Screenshot_2015-09-14-11-05-48-1

GRANDE PRÊMIO DO JÚRI

Anomalisa

 

MELHOR DIRETOR

Pablo Trapero (El Clan)

Screenshot_2015-09-14-11-06-44-1

MELHOR ATOR

Fabrice Luchini (L’Hermine)

 

MELHOR ATRIZ

Valeria Golino (Per Amor Vostro)

 

PRÊMIO ESPECIAL DO JÚRI

Abluka

 

PRÊMIO MARCELLO MASTROIANNI DE REVELAÇÃO

Abraham Attah (Beasts of No Nation)

 

MELHOR FILME – MOSTRA ORIZZONTI

Free in Deed

 

MELHOR DIRETOR – MOSTRA ORIZZONTI

Jake Mahaffy (The Childhood of a Leader)

 

MELHOR ATOR – MOSTRA ORIZZONTI

Dominique Lebornein (Tempête)

 

PRÊMIO DO JÚRI – MOSTRA ORIZZONTI

Boi Neón

FB_IMG_1442082558974

MELHOR CURTA-METRAGEM – MOSTRA ORIZZONTI

Belladonna, de Dubravka Turic