Mostra SP 2014: A Guerra das Patentes provoca a reflexão

E a sexta-feira teve ainda filme com Xavier Dolan, um suspense espanhol e o nacional Deserto Azul.

por

25 de outubro de 2014

Sexta-feira de quatro filmes em sequência insana aqui na 38ª Mostra Internacional de Cinema São Paulo, com dois filmes curtinhos, uma ficção científica (!) nacional, e um suspense com o cineasta Xavier Dolan (Mommy / 2014) atuando. Se liga nas dicas, abaixo, com trailers e programação! 😉

Elephant-Song
Baseado em uma peça homônima, Elephant Song foi dirigido por Charles Binamé, profissional experiente e premiado na TV. Falando em experiência, o longa conta com os veteranos Bruce Greenwood e Catherine Keener, e ainda com o jovem Xavier Dolan, cineasta premiado em Cannes 2014 com o excelente Mommy.

Elephant Song/Melenny
Dolan faz o papel de um enigmático paciente de uma clínica e é a única pessoa capaz de ajudar a desvendar o misterioso sumiço de um psiquiatra de lá. Só que a tarefa não será nada fácil para o diretor da instituição, vivido por Greenwood. O roteiro investe nos diálogos de “perguntas e respostas” para envolver o espectador. Entre as curiosidades, uma ponta da atriz Carrie-Anne Moss, cultuada pelos fãs da trilogia Matrix (1999), Matrix Reloaded e Matrix Revolutions, ambos de 2003. Cotação: 3 de 5.

Programação
Dia 26/10 – 14:00 – Cinecaixa Belas Artes – Sala SPCine
Dia 29/10 – 21:30 – Espaço Itaú de Cinema – Frei Caneca 1

Elephant Song/Melenny

Segundo documentário de Hannah Leonie Prinzler, A Guerra das Patentes tem apenas 80 minutos de duração, mas os efeitos causados por ele na mente de quem o assiste são duradouros. Bem editado, também por ela, o filme investiga o mundo (ou seria sub-mundo?) das patentes, um “lugar” que já tem, veja você, dono de genes humanos, capazes de identificar o câncer de mama e ovário, fazendo com que somente um empresa no mundo possa antecipar a doença. Absurdo?

Elephant Song/Melenny

Com alguma dose de humor, boa trilha e bom gosto na utilização de alguns recursos gráficos, esse The Patent Wars Prinzler faz o espectador entrar em contato com um universo, para muitos, desconhecido. Afinal, quantas pessoas sabem, por exemplo, que tem gente patenteando posições de Yoga mundo afora ou, pior, que essa iniciativa do passado, que visava incentivar os inventores, acabou se tornando fonte de renda mais produtiva do que investir em pesquisas e desenvolvimento? Imperdível. Cotação: 5 de 5.

deserto-azul-3
Rodado em Brasília e no inóspito deserto do Atacama, no Chile, Deserto Azul é o segundo longa do vídeoartista Edér Santos, desenvolvido nos últimos nove anos, fazendo uso, inclusive, de crowdfunding. Correndo o circuito de festivais, é possível dizer que o resultado final, sem sombra de dúvida, tem impacto visual, mas seu roteiro (também de Santos) tem potencial de sobra para não estabelecer conexão com boa parcela dos espectadores.

deserto-azul-1

Na trama, que se passa em algum lugar e no futuro, um jovem vive uma espécie de crise existencial, buscando incessantemente o que ele chama de “transcender”. Sua rotina, no entanto, não dá sinais de que vá contribuir para isso acontecer facilmente e e ele acaba embarcando numa jornada de conhecimento altamente repetitiva, que o fará, de alguma forma, evoluir e assim entender o propósito da vida. Participam do elenco nomes conhecidos, como Chico Diaz, Maria Luísa Mendonça e Ângelo Antônio. Cotação: 2 de 5.

Programação
Dia 25/10 – 21:35 – MIS – Museu da Imagem e do Som
Dia 28/10 – 17:00 – CCSP – Sala Paulo Emilio

o-medo-4
Baseado no romance de Lolita Bosch, o cineasta espanhol Jordi Cadena, já premiado em sua terra natal, apresenta O Medo (La Por) na Mostra SP 2014. O filme é bem curtinho (73 minutos) e trilha o caminho do suspense para mostrar o drama de uma família aterrorizada pela brutalidade do próprio pai e marido.

o-medo-3

Histórias sobre violência familiar não são exatamente uma novidade, mas o que pode ter feito a diferença neste aqui foi a opção por não mostrá-la. Assim, o roteiro procura manter você tenso com os diálogos e imagens criadas pela agonia dos protagonistas. Ainda assim, mesmo com os méritos citados, o resultado pode deixar a desejar para muita gente. Cotação: 3 de 5.

Programação
Dia 25/10 – 14:00 – Cine Livraria Cultura 1
Dia 26/10 – 22:30 – Cinesala Sabesp

O Almanaque Virtual viajou a convite da 38ª Mostra Internacional de Cinema São Paulo.

Leia mais sobre a Mostra SP 2014 nos links abaixo:

NOTÍCIAS
Mostra SP 2014 divulga os filmes mais votados pelo público
Mostra SP 2014 traz o cinema dentro do cinema para o cinema
Mostra SP 2014: Labyrinthus resgata a pureza juvenil
Juliette Binoche na Trilogia das Cores da Mostra SP 2014
Mostra SP 2014: Irandhir Santos e atriz de Azul é a Cor Mais Quente
Documentário Cássia emociona na Mostra SP 2014
Mostra SP 2014: Leia entrevista exclusiva com Manoel de Oliveira
Reese Witherspoon estreia Livre, hoje na Mostra SP 2014
Cinco vezes Irandhir Santos na Mostra SP 2014
Mostra SP 2014: 10 filmes nacionais já premiados
Mostra SP 2014: Castanha e Amor à Primeira Briga são diferentes
Filme com Deborah Secco emociona na Mostra SP 2014
Pássaro Branco na Nevasca estreia na Mostra SP 2014
Mostra SP 2014: Marcelo Galvão fala de aplicativo para deficientes
Mostra SP 2014: Steve Carell brilha em Foxcatcher
Mostra SP 2014: Programação gratuita faz a festa dos cinéfilos
Mostra SP 2014: Relatos Selvagens diverte a plateia
Mostra SP 2014 – 10 filmes imperdíveis
Relatos Selvagens abrirá a Mostra Internacional de Cinema de São Paulo 2014

CRÍTICAS
Relatos Selvagens
Boa Sorte
A Despedida
Foxcatcher – Uma História que Chocou o Mundo