Permanência

por

05 de novembro de 2014

Primeiro longa de Leonardo Lacca, “Permanência” é mais um filme da excelente safra do cinema pernambucano. Utilizando como premissa a hospedagem de um fotógrafo na casa da ex-namorada casada, o filme nasce na tela como prolongamento de um projeto anterior do cineasta, o curta “Décimo Segundo”. Manteve-se os mesmo atores, Irandhir Santos (em fase super aquecida da carreira) e Rita Carelli, bem como a fobia do elevador, as gentilezas de um reencontro constrangedor e até algumas linhas de diálogo. Nesse processo de dilatamento, a câmera indiscreta que filma bem de perto tem agora a missão de delinear, para um público mais amplo, os personagens que o curta lançou no mundo.

perman+¬ncia4

Hospedado em São Paulo, na casa que sua ex-namorada divide com o marido Mauro (Sílvio Restiffe), o típico homem entediante de existência burocrática, o pernambucano Ivo inicia os preparativos para a primeira exposição individual de suas fotografias. A cada conversa de Ivo com Rita o título do filme ganha força explicativa ― da relação oficialmente terminada, permanece um sentimento que os une. No entanto, diante de tal evidência, Rita banca a esposa satisfeita, mesmo com recaídas, e Ivo busca distrair-se na noite paulista, permitindo-se o sexo casual.

perman+¬ncia2

À medida que os personagens vão ganhando complexidade, descobrimos que Ivo tem uma moça que o espera em Pernambuco e uma relação de mágoa com o pai que não o assume para a família atual. Rita não é exatamente a mesma, abandonou uma inclinação artística, o dom para o desenho, em benefício da vida fria que leva atualmente. O tempo passa ligeiro, a exposição de Ivo finalmente acontece e um dia chega o momento do retorno para casa. Do caráter transitório da visita, permanece a beleza mesmo dolorosa da função de Ivo ― ironicamente é o fotógrafo, através de sua própria arte, que revela à Rita quem ela realmente é em um apanhado de fotos onde passado e presente se misturam. Do distanciamento de cada um, fica a permanência do registro.

Festival do Rio 2014 – Mostra Première Brasil Novos Rumos

Permanência

Brasil, 2014; 90 minutos

Direção: Leonardo Lacca

Com: Irandhir Santos, Rita Carelli, Sílvio Restiffe, Genésio de Barros, Laila Pas

Avaliação Emmanuela Oliveira

Nota 4